Notícias ruins afetam a maneira como você toma decisões. A maneira como isso acontece está em como absorvemos informações ao longo do dia, e, se não controlado, afeta suas decisões.

Já foi comprovado cientificamente que ver notícias ruins afetam seu humor. Na verdade, somos afetados pelo ambiente o dia inteiro. Todas as informações que recebemos, ou vão para a memória de trabalho (pequena parte) ou vão para nosso insconciente. E, se você não for uma pessoa que tem total controle sobre seus pensamentos, você passará a acreditar intuitivamente nas notícias, e isso pode ser um perigo para seu negócio.

Se você conhece pessoas que assistem notícias e depois ficam reclamando e dizendo o quanto ruim a situação está, você já teve contato com esse processo.

Assista ao video abaixo para entender ou envie para pessoas que você conhece que sejam assim. Talvez esse artigo ajude.

Pare de ver notícias!

Notícias ruins têm um efeito negativo em como você, eu, todo mundo se comporta.

Foi comprovado cientificamente que ver notícias ruins afetam sim a nossa saúde, a maneira
como a gente se comporta, as decisões que a gente toma.

As notícias ruins elas afetam os nossos negócios e principalmente as decisões que a gente toma.

Nós temos um, tem uma área aqui, atrás do nariz, em nosso cérebro chamada cortez pré-frontal ventromedial.

Essa área é uma área que capta todas as informações que a gente recebe do ambiente. Todas as informações. Tudo aquilo que as pessoas nos dizem.

Todas as imagens que a gente vê.Todas as pessoas que a gente vê. Tudo aquilo que é dito pra gente.Tudo aquilo que a gente ouve.

Todas as informações que estão ao nosso redor são captadas por essa área de nosso cérebro.

Essa área ela é responsável por filtrar as informações e tudo aquilo que você tem em contato constante ou que está na memória
de trabalho do seu cérebro, fica na memória de trabalho.

E você se lembra mais constantemente. Mas a grande parte das informações que a gente recebe, elas são todas enviadas para nosso inconsciente.

Por tanto a gente não tem acesso a isso em nosso dia-a-dia.

Mas quando a gente assiste notícias, ou qualquer outra informação, nós absorvemos todas as informações que estão ao nosso redor,
em nosso ambiente.

Então, por exemplo, se você está em uma prisão, hostil, provavelmente você tem mais chance de se tornar hostil.

Se você vive em um ambiente ruim, um ambiente hostil, você também vai se tornar mais hostil. Por que. Porque aquilo que a gente absorveu e ficou
em nossa memória de trabalho, a gente se lembra, tudo bem. Mas aquilo que foi levado para o nosso insconsciente, acaba de alguma forma virando a nossa intuição.
Ou seja, aquilo que a gente acredita intuitivamente que está correto.Nosso cérebro ele não acessa a intuição de cara, assim, você não consegue acessar sempre, nem todas as pessoas conseguem acessar
sua intuição.

Então nosso cérebro aprende com aquilo que você vê, que você tem de exemplo.

Só que essas informações, as informações que você está recebendo elas podem estar erradas.

Então quando a gente recebe uma notícia ruim, isso fica lá em nosso inconsciente.

E nosso cérebro vai entender isso como uma intuição.

Ou seja, algo que a gente acredita de verdade que está acontecendo.

Então vai passando os dias e você vai achar que aquilo é verdade.

Você passa a ter aquilo como certeza.Porque é aquilo que você começa a se lembrar.

Então quando a gente se lembra de algo, a gente tende a acreditar mais que aquilo é verdade.

E conforme o tempo passa essa intuição acaba virando instinto.

O instinto é aquilo que você responde de forma automática.

Então se você está constantemente vendo notícias na televisão, na internet, ou discutindo sobre coisas ou vendo a política, ou vendo a violência, ou vendo o que seja que aconteça, você vai começar a tomar aquilo como verdade.

E as suas respostas automáticas, então, por exemplo, quando você tiver no seu negócio e você, alguém for te perguntar alguma coisa e você tiver que tomar uma decisão rápida, o seu instinto, que é sua resposta automática, el vai se basear naquilo que você acredita que é a sua intuição.

Então, a não ser que você tenha uma capacidade enorme de controlar a sua mente, controlar seus pensamentos, é o instinto que vai tomar conta das suas decisões.

E aí quando você tiver que tomar suas decisões rápidas na sua empresa, pronto.

A notícia ruim é que vai ter influenciado em tudo aquilo que você estava fazendo. Ou seja, projetos que você estava acreditando, coisas que você estava acreditando fazer não vão dar certo porque no seu instinto e na sua intuição você realmente acredita que aquilo é verdade.

Então cuidado com assistir notícias ruins ou mesmo notícias, muitas notícias.

Debater política, ficar vendo violência. Todas essas informações, até mesmo video game, filmes ruins, com notícias ruins, com muita violência.

Você vai tomar isso como verdade.

E você vai trazer isso para sua vida pessoal, e consequentemente para sua vida profissional.

Então se você for um empreendedor você vai ter essas informações como verdade.

E isso que guiará a suas decisões no seu negócio.

Então não assista notícias ruins, não veja notícia.

Aliás, eu não vejo notícia faz tempo, só acompanho notícias através dos meus amigos, dos meus familiares.

E isso tem me feito muito bem, porque tem me ajudado a eu filtrar aquilo que eu acho que é bom para o meu aprendizado, que é aquilo que serve de exemplo para mim.

Então é isso agente.

Até o próximo vídeo!

Sobre o autor

Rafael Neaime é empreendedor e consultor de Marketing Digital e SEO, especialista em crescimento de empresas na internet.

Encontrar o caminho correto para nosso negócio exige inteligência. Saiba como usar a sua inteligência para crescer, inscreva-se no meu canal no Youtube ou curta minha página no Facebook.

Acompanhe nas redes sociais: FacebookTwitterLinkedin e Instagram

 

Leave a reply

Para realizar o impossível, você precisa ignorar o popular - Tim Ferriss

Não demore para realizar aquilo que você deseja realizar. Tome o primeiro passo hoje. As coisas podem levar tempo, mas tudo que fazemos hoje, colhemos amanhã.

INSCREVA-SE