Sabe quando aquele projeto ainda não está da maneira que você gostaria que estivesse?Aqui vai uma palavra sobre o “ainda não está bom”.

“A obra de arte mais feia que eu já vi foi uma que não foi terminada.”

Essa foi a única frase que guardei de um sonho meu, semana passada. Eu tinha acabado de acordar, e esse foi meu primeiro pensamento.

Dois meses atrás eu estava me preparando para fazer o grande lançamento do Desafio do Marketing Digital. Em duas semanas eu montei tudo na minha cabeça. A estratégia se encaixava perfeitamente nos pensamentos. Era a saída que eu estava procurando há muito tempo. Finalmente iria fazer acontecer aquilo que eu me propus a fazer na vida, mostrar o caminho para aqueles que desejam fazer seu negócio crescer. Mas, na hora de executar nada saia tão legal. O sistema de emails era ruim, a frase era ruim, as imagens, o conteúdo, o vídeo não tinha luz, depois não tinha som bom. No outro dia tinha consultoria, tinha que viajar pra outro estado. Na semana seguinte tinha muitas atividades de clientes para fazer, depois tinha que resolver um negócio em casa. Etc, etc e etc.

Acho que você também deve conhecer esse tipo de acontecimento. Bem na hora que você quer colocar algo pra funcionar, nada funciona. E isso me desanimou, e assim eu passei a produzir cada vez menos. E cada vez mais as coisas ficavam confusas, sem saída. Eu sabia que tinha que colocar esse projeto no ar logo, pois corria o risco daquela energia boa passar e nada acontecer. Sabe? Quando você está tão empolgado e de repente… nada. Você desistiu faz tempo.

Mas não, dessa vez isso não iria acontecer. Dessa vez não seria como as outras vezes. Dessa vez eu insisti. Produzi vídeos ruins. Com som ruim, imagem ruim. Mas fiz. Continuei, insisti. Até que eu persisti. E como uma benção eu li esse livro do Osho, Intuição. Nada explicaria esse livro (Nada explica esse livro e o nada explica esse livro. Só lendo para você entender o que eu disse).

Nesse livro algumas coisas me chamaram muita atenção. Não estou aqui para explicar esse livro, mas uma frase define bem esse momento que eu estava passando:

“A cabeça apenas pensa; dái porque ela nunca chega a nenhuma conclusão.” – Osho.

Se pararmos para ouvirmos nossos pensamentos nada sairá do papel. Tudo ficará ruim. Nunca nada estará perfeito. E foi assim que eu lancei o Desafio do Marketing Digital semana passada. Lancei na imperfeição. O vídeo não estava perfeito. O mailchimp deu um jeito de bloquear as inscrições que eu ganhei suadamente. Um ou outro não entendeu o que eu estava propondo. O logo no meu site não estava no lugar onde deveria estar. Eu não estava sorrindo no vídeo. Enfim, não estava como meus pensamentos queriam. Mas estava como meu coração queria. E o que meu coração quer é que eu tenha muitas ideias para que muita gente consiga fazer seu negócio crescer. Eu espero que eu tenha clareza e força de vontade para montar conteúdos que as pessoas gostem, e que sejam úteis. Mas, caso não consiga, farei mesmo assim. Pois eu também estou aqui para aprender.

E como alguém me disse em algum momento:

“A obra mais feia que eu já vi foi uma que não foi terminada.”

Se você ainda tem receio de começar alguma coisa, não se preocupe. Todos nós temos e só sei que isso passa. Pior do que fazer algo não muito bom é não fazer nada.

Sobre o autor

Rafael Neaime é empreendedor e consultor de Marketing Digital e SEO, especialista em crescimento de empresas com na internet.

Como seria se seu negócio tivesse 200 mil fans? Eu resolvi descobrir. Lancei um desafio de alcançar 200 mil fans no Facebook, 140 mil inscritos no Youtube e 50 mil visitas no meu site em menos de um ano. Se deseja acompanhar esse desafio, aprender com meus erros e acertos no marketing digital ou até mesmo dar dicas e sugestões do que posso fazer, inscreva-se no meu canal no Youtube ou curta minha página no Facebook.

Acompanhe nas redes sociais: FacebookTwitterLinkedin e Instagram

Leave a reply

Para realizar o impossível, você precisa ignorar o popular - Tim Ferriss

Não demore para realizar aquilo que você deseja realizar. Tome o primeiro passo hoje. As coisas podem levar tempo, mas tudo que fazemos hoje, colhemos amanhã.

INSCREVA-SE